O Cristianismo Bíblico

A doutrina de Jesus Cristo contida na Bíblia

Apocalipse 11 (paráfrase)

Share 'Apocalipse 11 (paráfrase)' on Facebook Share 'Apocalipse 11 (paráfrase)' on Google+ Share 'Apocalipse 11 (paráfrase)' on Twitter

11

As duas testemunhas

1 Foi-me dada uma régua. Então, o anjo chegou e disse: “Levante-se e meça a largura e o comprimento do templo de Deus em Jerusalém, assim como o altar, e os que nele adoram. 2 Mas não meça o átrio que está fora do templo, porque ele foi dado às nações gentias. E eles pisotearãoa [e se apossarão de] Jerusalém por três anos e meiob.

3 Então darei poder às minhas duas testemunhas, e profetizarão [arrependimento] nestes três anos e meio, vestidas de pano de saco. 4 Estas são as duas oliveiras e os dois castiçais que estão diante do Deus da terra, [ou seja, os dois homens que servem perante o Senhorc]. 5 Por isso, se alguém lhes quiser fazer mal, pela palavra deles, um fogo consumirá os seus inimigos. Se qualquer um quiser lhes fazer mal, será morto [eles serão invencíveis]. 6 Eles têm poder para impedir que chova durante todo o tempo em que profetizarem, e têm poder sobre as águas para convertê-las em sangue e para ferir a terra com toda sorte de pragas, quantas vezes quiseremd

7 Entretanto, quando finalizarem seu testemunho [após os três anos e meio], o Anticristo os vencerá em batalha, e os matará. 8 Seus corpos ficarão expostos na praça da grande cidade de Jerusalém, onde o Senhor deles também foi crucificado. 9 Pessoas de todas as partes do mundo verão seus cadáveres por três dias e meio, e não permitirão que sejam postos na sepultura. 10 E assim, a humanidade ficará aliviada e se alegrará a tal ponto que mandarão presentes uns aos outros, pois estes dois profetas tinham atormentado a humanidade [com sua mensagem e suas pragas]. 11 Entretanto, depois daqueles três dias e meioe, o espírito de vida, vindo da parte de Deus, entrou neles, e eles se puseram de pé, vivos novamente! Um grande temor caiu sobre os que viram isso acontecer. 12 Então eles ouviram uma alta voz vinda do céu, que lhes dizia: “Subam pra cá!”. Então, eles subiram ao céu numa nuvemf, enquanto seus inimigos os viam. 13 Naquele exato momento houve um grande terremoto, e a décima parte da cidade de Jerusalém ruiu, e no terremoto sete mil pessoas morreram. Os [habitantes de Jerusalém] que sobreviveram ficaram tão atemorizados que renderam glória ao Deus do céu.

14 Este foi o segundo sofrimento (ai); eis que o terceiro virá logo em seguida.

A sétima trombeta

15 Então o sétimo anjo tocou a trombeta, e ressoou pelo céu altas vozes, que diziam: “[A partir desse momento] os reinos do mundo passaram a ser do nosso Senhor e do seu Messias, e ele reinará para todo o sempre!”. 16 Então os 24 anciãos, que estão assentados em seus tronos diante de Deus [representando Israel e a Igreja], prostraram-se com o rosto no chão e adoraram a Deus, 17 dizendo: “Graças te damos, Senhor, Deus Todo-Poderoso, que és, que eras e que virás! Que tomaste o teu grande poder e reinaste! 18 Iraram-se as nações, mas veio a tua ira, e [chegou] o tempo dos mortos serem julgados; e o tempo de dares a recompensa aos profetas, teus servos, e aos santos, e aos que temem o teu nome, a humildes e a poderosos; e o tempo de destruíres aqueles que destroem o planeta terra!”.

19 Então abriu-se o templo de Deus que está nos Céus, e a arca da sua aliança foi vista no Templo celestial. E houve relâmpagos, vozes, trovões, terremotos, e grande chuva de pedras.


a) cf. Lc 21:24; b) vide Ap 13:5; c) cf. Zc 4:14; d) De forma semelhante aos poderes de Moisés e Elias; e) cf. Lc 24:7; f) cf. At 1:9.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *